Sneakers Portugal: o momento é agora

sneakers portugal

Depois de alguns meses, e de muitos anos de pesquisa, é quase seguro dizer que as palavras ‘sneakers Portugal’ combinam cada vez mais.

Em Portugal, o mercado é ainda embrionário, como se estivéssemos todos a aprender, mas a verdade é que aos poucos têm surgido alterações, algumas passageiras, outras mais definitivas.

Um dos grandes catalizadores de toda esta mudança tem sido o grupo Sneakers Love Portugal no Facebook. Se as limitações de momento são algumas (apresentação de conteúdo, dinâmicas de comunidade), a verdade é que é ali que se congregam os ortodoxos e os entusiastas, os devotos e os querem aprender mais um pouco sobre esta imensa cultura e negócio que em todo o mundo movimenta milhões de dólares, todos os dias.

O pressuposto redundante de que os sneakers, os ténis, ou as sapatilhas são de facto o tipo de calçado mais confortável que existe, e que se enquadram em todas as ocasiões, tem vindo a ganhar outras cores. É então essencial que os consumidores que desconhecem ainda as oportunidades (seja de variedade de modelos, seja até mesmo de preço) sejam postos a par desta clara evolução e alteração.

Para se conhecer uma boa oportunidade de compra não precisamos de estar a par de todos os modelos do mercado, precisamos apenas de saber onde encontrar a informação que leva às decisões de compra.

É agora tempo de (com a devida contemporização) dos agentes do mercado começarem a entender este princípio de mudança de paradigma e (de forma óbvia) contribuírem para a mudança.

As marcas, os lojistas e restantes partes da cadeia de negócio em Portugal têm que entender que, para alterar o status quo é necessário alterar a forma como se comunica, os canais nos quais se comunica e, mais do que tudo, ter uma contribuição e participação activa no desenvolvimento de uma dinâmica de comunidade e de partilha de conteúdo.

Se os sneakers e os ténis estão em toda a parte, o momento em Portugal é mesmo agora.

 
Créditos da imagem: TR