Francisca: uma história feita de sneakers

Francisca Moreira

Francisca, a coleccionadora de sneakers:

Um dia, Francisca descobriu os sneakers, ou as sapatilhas, como prefere chamar. A partir daí, e apesar de assinalar que não é uma sneakerhead (apenas alguém que gosta muito de sneakers) o resto é a história dos seus 100 pares (entretanto já serão mais).

Desde Coimbra, e da loja Gang of Four (da qual também é uma das sócias) Francisca Moreira anda em busca da próxima pérola para a colecção, seja no eBay, em outlets ou em outros espaços.

Em mais uma aventura do Sneakers Love Portugal (em busca dos devotos da causa entre nós) falámos com a Francisca sobre a colecção, sobre sneakers em Portugal e sobre os Nike Gladiator Mid (porque são muito especiais). Leiam em baixo.

Desde quando é que te interessas por sneakers?

A sério, talvez só há pouco mais de dez anos. Eu sempre gostei de andar de sapatilhas. Tive muito poucos sapatos na vida. Ao longo dos últimos anos fui ‘apurando’ o meu gosto. Já não compro qualquer sneaker! Tem de ser algo diferente e especial.

Quais foram os primeiros sneakers que realmente te impressionaram?

Os primeiros que mais me marcaram [talvez impressionar não se aplique aqui… mas vou armar-me em política e desviar a resposta] foram os Stan Smith [com a sola verde]! Quando andava no ciclo tinha um par. Andava sempre com eles. Quando já não aguentavam mais, comprava outras exactamente iguais! Depois desapareceram… Foram substituídos por sola branca… depois apareceram umas de sola azul… cor-de-rosa… não era a mesma coisa! Agora voltaram outra vez, mas a sola é branca…

Há umas que também me impressionaram muito, mas foi por sofrimento! Adoro a colaboração – de edição limitada a 350 pares!!! -que a Colette fez com a Reebok e com a Married to the Mob em 2008. Estive quase, quase a conseguir ganhar umas num leilão do ebay e não consegui… É, com certeza, a minha maior mágoa neste mundo do sneakerismo!

Neste momento quantos é que tens na tua colecção, e escolhe por favor pelo menos 3 sobre os quais possas falar um pouco em particular…

Tenho alguns! Mais do que 10, certamente! Mais do que 100… Mas não muito mais! Cento e poucos! Escolher só alguns para falar em especial… Vamos lá tentar!

Nike Gladiator Mid, a primeira edição, brancos com o swoosh dourado [as edições seguintes têm o swoosh prateado]. Não são nada de muito extraordinário, mas foi com eles que me casei!

Adidas Star Wars Princess Leia Limited Edition – Encontrei-os num outlet a um preço fantástico! Sou fã de Star Wars e as edições da Adidas Star Wars costumam ser sempre feitas para rapazes [a começar no 41!]… São douradas e roxas! Duas cores que adoro! Ainda que tenha de confessar que não gosto nada do avatar da Princess Leia que está na língua… mas como fica relativamente escondido com os atacadores, não faz grande mal!

Adidas Jeremy Scott Wings Camo! Encontrei-as num outlet [sim, eu sou uma respigadora de outlets!] a [bem] menos de metade do preço de venda ao público! Acho que é quase obrigatório ter umas adidas customizadas pelo Jeremy Scott! E gosto destes por serem camo! Tornam-se ainda mais especiais pela diferença!

Puma! É só o que posso dizer. São bastante simples! Têm um aspecto bastante retro! Mas têm a particularidade de serem um sample de um modelo que nunca chegou a ser comercializado. Portanto, devo ser a única pessoa no mundo que os tem! [os samples costumam ser feitos no meu número! O que já abonou a meu favor umas quantas vezes!]

Adidas tobacco. Cor-de-laranja! Foram-me oferecidas pelo meu irmão na altura em que estava a começar a entrar no mundo dos sneakers. Gostava tanto deles que os usei abusivamente! Quando comecei a ser mais entendida, percebi que aqueles tobacco eram um modelo muito especial [só vários anos depois é que houve reedição] e passei a usá-los muito raramente para os preservar!

Nike e Adidas Golf Brogue! Naturalmente que as uso no dia-a-dia – o golfe não me fascina – e gosto muito deles! São tão lindos! E é realmente muito diferente andar com uns sneakers de golf!

Sneakers Love Portugal | Francisca Moreira

Reebok top down Baskiat. Mais uma vez é um artista por quem nutro uma grande admiração e a customização ficou maravilhosa! Gosto especialmente do facto do par ser diferente entre si.

Rod Laver. São brancos e parecem feitos de renda! Têm um pequeno dourado! Adoro-os!!! Também me podia ter casado com estes!
E é melhor parar, porque daqui a pouco já falei em particular de uns 53 pares…

Como é ser sneakerhead em Portugal? E em Coimbra, em particular?

Eu não sou uma sneakerhead! Longe disso! Enquanto eu não voar para um país estrangeiro e passar uma noite de rigoroso inverno numa imensa fila para tentar conseguir uma edição limitada por 253€, sou simplesmente alguém que gosta muito de sneakers!
Como alguém que gosta muito de sneakers, posso dizer que acho que em Portugal a cultura sneaker é quase inexistente! Poucas pessoas têm gosto e se interessam realmente por aquilo que têm calçado nos pés. E há muito a tendência do rebanho… Hoje todas as pessoas têm de ter uns Vans Canvas Era. Eu não tenho nada contra o modelo em si! Pelo contrário. Também gosto muito de básicos. Às vezes gosto muito dos sneakers da moda, compro-os se surgir a oportunidade e guardo-as no armário até a febre passar!

Há quem me diga “Eu não teria coragem de usar esses sneakers”! [Isto faz sempre com que os valorize mais!] Há quem goze – tanto por maldade, como por brincadeira – com alguns modelos que calço! Mas acho que cada vez mais respeitam a minha paixão e [parco] conhecimento.

Eu sou uma pessoa discreta, a sério que sim, mas a coisa que me dá mais prazer é ter nos pés uns sneakers diferentes!
Não há muita oferta em Portugal! Não há nenhuma loja realmente emblemática. Há um par de lojas mais arrojadas em termos de modelos que disponibilizam, mas é só isso. Há dois outlets e meio em Portugal – que já me deram umas alegrias! Mas da minha colecção cerca de 35% foram comprados pela net, 15% em outlets e o restante foi comprado em lojas, quer em Portugal, quer no estrangeiro.

Ser sneaker freaker em Coimbra é mais difícil. Que eu conheça – e eu até conheço umas quantas pessoas – somos um espécime raríssimo. [para além de mim, só conheço mais duas pessoas!] Não há praticamente oferta nenhuma. E incomoda/intriga/espanta/choca/fascina muitas pessoas ver a minha colecção! Eu tenho muito orgulho nela!

Até onde é que já foste / o que é já foste capaz de fazer para comprar uns sneakers?

Tal como referi anteriormente, eu não sou uma sneakerhead, nunca fiz grandes feitos para conseguir comprar uns sneakers… quando muito, lutei exaustivamente num leilão do ebay… Ou gastei o dinheiro todo que tinha até ao final do mês…
Num episódio engraçado, fui com um amigo a uma loja de sneakers no Porto, que estava em saldos, e pedi-lhe que não me deixasse comprar nada! Saí de lá com 3 pares de sneakers e ralhei imenso com ele por não me ter tentado deter! Hoje agradeço-lhe, claro.

Podes partilhar alguns conselhos/sugestões para alguém que começa agora a interessar-se sobre este imenso mundo do streetwear e dos sneakers…

Não tenho muita autoridade para dar conselhos… Apenas, talvez, os truques de que me uso! Procurar sneakers em outlets e na internet [o ebay é a Las Vegas dos sneakers! Encontras grandes pérolas, mas há imenso lixo à volta!]. E para ir descobrindo novas tendências ou marcas que começam a afirmar-se, é seguir sites como este!

Saibam mais sobre a Gang of Four, em Coimbra.