Fuse numa conversa com alma sobre sneakers

Fuse - Dealema

Fuse, dos Dealema, numa conversa sobre sneakers

É um dos cúmplices residentes dos Dealema, um dos mais importantes colectivos de hip-hop entre nós. Ao som de ‘Bom Dia’, o novo single, e enquanto “Alvorada da Alma”, o álbum, aguarda para chegar às lojas, falámos sobre sneakers, o interesse e a dedicação a uma causa, e o que é isso de ser sneakerhead em Portugal.

Leiam em baixo e mergulhem com Fuse em mais uma sessão do neakers Love Portugal.

Ainda tens memória dos primeiros sneakers que tiveste?

Lembro-me de sneakers que tive quando era mesmo criança, pequenos pormenores…cores…mas provavelmente as que me marcaram mais no início da adolescência foram as minhas primeiras Converse All Star e as Reebok Pump.

Fuse | Dealema
Fuse | Dealema

Confesso que apesar de gostar imenso, hoje não penso muito nisso porque a minha vida ganhou outras prioridades, a partir do dia em que o meu filho nasceu passei a dar mais importância ao maravilhoso mundo das crianças e a tudo o que o faça feliz, ou seja, a coleção de carrinhos dele tornou-se mais importante que a minha coleção de sneakers.

Fala-nos um pouco sobre a tua colecção…

A minha coleção tem crescido ao longo dos anos graças à marca que me patrocina – a DC Shoes, é uma relação que já dura há 11 anos, para mim é uma benção porque identifico-me a 100% com tudo o que criam.

Tenho a possibilidade de escolher os modelos que gosto e hoje é engraçado olhar para a minha colecção e ver ali uma retrospectiva desta última década em estilos diferentes e testemunhar a própria evolução do design da DC que me surpreende todos os anos.

É a marca que tem acompanhado também o meu crescimento profissional, já não imagino sequer dissociar o meu papel de músico da marca que me agasalha há 11 anos. Ainda guardo os primeiros sneakers do meu filho…também da DC.

É difícil ser um dedicado à causa em Portugal, ou com a internet isso nem se coloca?

Nos dias de hoje não é difícil ser coleccionador, seja do que for, tenho amigos que são mesmo “colados” em sneakers e que conservam essa paixão com orgulho. Hoje podemos encontrar e encomendar tudo de qualquer parte do mundo sem sair de casa.

O facto das marcas terem iniciativa de patrocinar atletas e artistas também é muito importante para manter essa paixão acesa, principalmente na geração mais nova.

Tens preferências por modelos? Colaborações?

Geralmente gosto de modelos simples ou clássicos. Adoro quando a DC faz edições especiais em colaboração com artistas ou atletas, tenho uns sneakers brutais de uma edição criada em parceria com o Darren Brass, um dos tatuadores do Miami Ink.

Já pagaste quantias excessivas por sneakers?

Nunca. Felizmente não tenho necessidade de o fazer, mas tenho amigos que coleccionam sem piedade, principalmente quando sai um modelo novo.

E quanto aos lançamentos deste ano – podes apontar dois ou três destaques?

Estou muito curioso para ver a próxima colaboração da DC com os Wu Tang, para quem é fã de hip hop e conhece os Wu Tang desde o início como eu, há grande expectativa para ver o que vai sair dali. Está anunciado o lançamento para o final deste ano.