DJ Overule fala sobre um vício: sneakers

DJ Overule | Sneaker Collection

Nas mesas de mistura e nos pratos encontrou muita da sua identidade, mas a verdade é que o vício existe mesmo com os sneakers. É difícil explicar por palavras coisas que são quase irracionais, mas DJ Overule partilhou connosco sobre essa imensa vontade de ter mais Jordans e de saber sempre mais sobre sneakers. O desenvolvimento da comunidade em Portugal, as lojas e as marcas são alguns dos outros apontadores de DJ Overule em nova sessão do Sneakers Love Portugal. Leiam em baixo.
 
Imaginas a tua vida sem sneakers?
 
Nem por isso, caso contrário preferia andar descalço… Não, a sério, a paixão pelas sapatilhas não é meramente pela componente de vestuário, é bem mais do que isso, é uma cultura já, no meu caso viciante.
 
Os sneakers tomam conta de parte da tua vida ou ainda é preciso mais para chegar a esse ponto?
 
Acho que nunca irão tomar conta da minha vida, apesar de ser um vicio muito grande, tenho noção dos limites e se não tenho possibilidade de certa forma de sustentar este vício, não irei nunca deixar de comer ou algo do género para comprar o último modelo de Air Jordans que saiu, obviamente.
 

«Sou mesmo fanático por Air Jordans

 
 
Quais foram os últimos dois pares que compraste?
 
Os últimos que juntei à coleção foram os novos Air jordan III “Fire Red” e os Air Jordan IV “Green Glow”.
 
Quando pensas na tua colecção qual é o primeiro modelo em que costumas pensar?
 
Sou mesmo fanático por Air Jordans, adoro os sempre eternos Jordan III Retro Black/Cement Grey, os meus já estão velhinhos de tanto uso, estou a juntar alguns “trocos” para poder encomendar uns novos, apesar de durante toda a minha vida ter comprado muitos pares de Air Force One, estes Air Jordan são definitivamente o meu modelo de eleição.
 
Costumas seguir a informação relativa a novos lançamentos, colaborações?
 
Sim, acompanho com frequência algumas lojas online e blogs, principalmente através das suas contas no Instagram que são as que por norma são actualizadas com mais frequência. Também vejo com alguma frequência a secção de sneakers da complex.com que é sempre muito completa e variada. Gosto dos artigos que eles publicam com várias curiosidades, Tops e sugestões interessantes.
 
Achas que estamos a viver um momento único em Portugal no que toca aos sneakers?
 
Nem por isso, acho que ainda somos vistos, principalmente pelas grandes lojas do género, como um pequeno nicho de mercado, que aos seus olhos não é ainda um nicho suficientemente lucrativo para ter a devida e merecida atenção.
 
Partilha connosco sobre o que achas que poderia ser feito pela comunidade sneaker em Portugal…
 
Já existem alguns blogs e lojas online que contribuem de certa forma para o crescimento da comunidade. Inclusive até alguns designers tugas que se dedicam à customização de certos modelos, o que já é positivo comparando com alguns anos atrás. No entanto continua bastante difícil o acesso em Portugal a modelos mais específicos, ou até mesmo exclusivos. A meu ver as lojas que vendem sneakers em Portugal deveriam procurar ter um pouco mais de variedade e estar mais a par do que se está a passar nos outros mercados relativamente a lançamentos e modelos exclusivos.
 

 
Descubram mais sobre o caminho e a agenda de DJ Overule.